16 de agosto de 2021

Livros que estou lendo - Agosto de 2021

Tempo de leitura:

 Olá, meus queridos!


Faz quase um mês desde a última vez que apareci aqui.rs Eu sei que ando um fracasso total como blogueira e leitora este ano, mas espero que vocês possam me perdoar. :) Hoje não quero falar dos problemas que têm me mantido longe daqui... que têm, inclusive, afetado bastante as minhas leituras. Quero apenas falar do que ando lendo. Da loucura que está sendo tentar ler vários livros ao mesmo tempo, algo que eu tinha prometido a mim mesma que não faria mais.kkkkkk Que leria, NO MÁXIMO, dois livros juntos e não quatro, cinco, seis, mil!kkkkk




Só quem é apaixonado pela saga Crepúsculo consegue entender a emoção que é poder ler Sol da Meia-Noite depois da autora prometê-lo por uma eternidade! Ano passado eu até tentei reler os quatro livros anteriores antes de mergulhar nesta leitura, mas por dar prioridade para livros que ainda não tinha lido, acabei abandonando meu projeto pessoal. O que não significa que eu não tenha a intenção de relê-los: irei SIM, e farei um post único para falar dos cinco livros juntos. 

No momento estou no capítulo 10 e cada virar de página me deixa nostálgica. Eu fico lembrando do passado... lembrando MUITO! Isso é bom, mas também é ruim. Porque acabo ficando triste.kkkkk Eu li a saga uns treze anos atrás e a vida seguiu... Muita coisa mudou. E eu nunca fui a maior fã de mudanças. Ler Sol da Meia-Noite me reconecta à garota que fui, ao passado que tive... a tudo que ficou para trás. Eu chego a sentir um aperto no peito sempre que prossigo com a leitura. Porque lembrar é bom, mas dói. 

Contos de Horror do Século XIX é um desafio pessoal. Vocês sabem que não sou fã de histórias de terror, que livros do gênero não aparecem muito por aqui. E também sabem que venho tentando perder o medo, ler de tudo um pouco. Assim, resolvi apostar nesta leitura e confesso que estou gostando bastante. A maior parte dos contos que li até agora não assusta (li nove), não me faz ter pesadelos nem nada.rs Apenas um ou outro realmente me provocou um impactado, como O cone, do H. G. Wells, que me deixou horrorizada. 





Sobre O Clube do Crime das Quintas-Feiras não tenho muito o que falar. Comecei a lê-lo recentemente e ainda estou no capítulo 5. Ele foi o escolhido para leitura coletiva de agosto de um grupo que uns amigos e eu temos no Telegram. 


Dom Quixote está sendo um dos meus maiores arrependimentos literários.kkkkkk É aquele típico "se arrependimento matasse..."rsrs Estou detestando este livro! Comprei o e-book no ano passado numa promoção na Amazon, pois ele fazia parte da minha lista de livros que tenho que ler. Sabe aquelas histórias que decidimos colocar como "obrigatórias" em nossas listas? Eu fiz isso.rs 


No entanto, como é um baita calhamaço, eu sabia que precisaria de uma leitura coletiva para tomar coragem de lê-lo. Aí, através do canal da Tatiana Feltrin eu soube que o Lucas, do Diário de Leitura estava fazendo a leitura conjunta dele e resolvi acompanhar. No início, eu até estava gostando do livro, mas com o decorrer da leitura comecei a ficar estressada. Sinto que o livro anda em círculos, sabe? O autor colocou um monte de outras histórias dentro da história principal e embora fosse interessante antes, o excesso acabou estragando tudo. Mas o que mais me irrita no livro é a maneira como os personagens debocham do Dom Quixote. Aparentemente, ele tem problemas mentais. Essa "loucura" dele que tanto diverte os personagens é uma doença e ver aquela gente rindo, provocando, debochando me deixa com raiva. 


Eu tenho um tio que sofre de esquizofrenia e a crise dele mais recente começou em novembro de 2020 e até agora não passou. É um sofrimento muito grande para ele e para nós que acompanhamos de perto, que cuidamos dele, que muitas vezes não sabemos o que fazer para ajudar, pois as medicações não estão fazendo a crise passar (ele tem períodos mais calmos e outros bem agressivos). Ler Dom Quixote não foi uma boa escolha, pois diversas atitudes do Quixote me lembram o meu tio e isso não me faz bem, principalmente quando os personagens ficam debochando dele.




Las Fuentes del Silencio é um livro que eu queria muito, muito, muito ler! :D A autora é uma das minhas favoritas da vida e como a editora Arqueiro ainda não publicou este aqui no Brasil, eu o adquiri em espanhol mesmo porque a vontade de lê-lo logo era enorme. Estou amando cada instante! Quer dizer, amando a experiência de leitura, porque a história possui vários momentos impossíveis de amarmos. Momentos de dor, cenas que nos chocam.... Mas quem conhece as obras da autora sabe que ela fala das piores atrocidades de um jeito sensível, delicado. E em Las fuentes del silencio ela dá voz às vítimas da ditadura fascista de Franco. É um livro difícil, doloroso, mas escrito de uma forma tão delicada... Eu amo demais o talento e o projeto que a autora tem, de sempre dar voz para uma parte da História do mundo que ficou esquecida. Como fez em O Sal das Lágrimas e em Cinzas na Neve. Ela não fala simplesmente de barbaridades cometidas pelas ditaduras de Hitler, Stálin ou Franco. Ela fala sobre os povos e a parte não contada nos livros de História. Ela vai atrás dos sobreviventes ou seus descendentes para dar voz para pessoas que nunca foram ouvidas. Eu amo muito o trabalho dela! 


Comunicação não-violenta é um livro que comecei a ler por curiosidade e gostei bastante do início, mas por conta de outras leituras acabou ficando parado. Pretendo retomar a leitura em breve, mas vou lê-lo com calma, não tenho nenhuma pressa.


Então é isso, queridos! Estou sumida do blog, mas não parei de ler! :D Estou lendo devagar, mas continuo lendo. Em algum momento conseguirei recuperar o ritmo de antes, acredito!


Bjs! 




Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers. Mãe da minha eterna princesa Luana e dos meus príncipes Celestino e Felipe (gatinhos filhos do coração). Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Topo