26 de dezembro de 2018

Uma Visita Inesperada - Deborah Simmons

Tempo de leitura:
(Título Original: The Unexpected Guest
Tradutora: Denise Ponte Rosa
Editora: Harlequin
Edição de: 2007)


O Clã De Burgh - Livro 3.5


O chefe da poderosa família De Burgh tem sua tranquilidade abalada pela jovem e sedutora viúva que se hospeda em seu castelo durante os 12 dias das comemorações de Natal. Mas o espírito natalino faz milagres e é capaz de aproximar dois corações solitários, abençoando-os com a dádiva do amor!


Palavras de uma leitora...


- Eu pretendia publicar esta resenha na noite de Natal, mas estava cansada demais, por isso não consegui terminar a leitura a tempo.rsrs 

Quem acompanha o blog sabe que a última resenha que publiquei foi a do livro O Lobo Domado, o primeiro da série Clã De Burgh. O correto seria seguir a ordem, porém, além de não ter os dois que antecedem Uma Visita Inesperada, este se passa na época de Natal. O que me fez considerar o momento perfeito. 

O conde de Campion não estava feliz. As comemorações de Natal estavam para começar e ele sabia que naquele ano tudo seria diferente. Como se não bastasse a ausência de enfeites no salão e na árvore a alegria que costumava invadir seu castelo naquela data seria incompleta, uma vez que cinco dos seus filhos não compareceriam. O tempo estava muito ruim, os caminhos intransitáveis e somente um louco se atreveria a arriscar a própria vida apenas para passar a data com o pai. Ele compreendia. Mas no fundo estava triste. Todavia, a chegada tumultuada de uma jovem e bela viúva promete não só trazer alegria para a sua festa, mas também para o seu coração. Não importava que ele sentisse que por trás de toda a coragem e determinação ela escondia algum segredo. 

- Esta história é um pouco mais que um conto. Tem ao todo menos de noventa páginas e eu considero uma novela. Por isso nem posso falar muito para não correr o risco de contar o livro todo.rs 

Lembro de ter me encantado pelo patriarca dos De Burgh logo que o conheci no primeiro livro. Embora já tivesse sete filhos crescidos ele parecia seguir sendo muito responsável por todos eles, mesmo sem saber bem como convencê-los de que estava na hora de serem independentes, assumirem suas próprias responsabilidades e construírem a própria família. Eu sentia que ele queria os filhos ao seu lado, mas também desejava vê-los encaminhados e não conseguia lidar com a rebeldia de alguns, como do Stephen, por exemplo, que só queria saber de beber e ir para a cama com uma mulher diferente a cada dia. Eu senti pena dele por estar tão cercado de gente e ainda assim estar sozinho, já que não podia contar muito com ninguém, nem mesmo o Dunstan (que era o mais ajuizado dos irmãos), pois este vivia em suas terras, um tanto longe dali. Eu queria que o Campion conhecesse alguém para passar o resto da vida ao seu lado. E esse desejo se realizou em Uma Visita Inesperada

- Joy era uma mulher determinada que tinha lá seus motivos para ter saído de casa num tempo daqueles, arriscando a sua vida e de seus criados. Por ser uma história muito curta não temos a oportunidade de conhecê-la profundamente, mas o pouco que nos é mostrado é suficiente para que percebamos que ela é uma feminista em pleno século XIII. Ela abomina qualquer forma de opressão e após um casamento forçado, do qual se libertou ao ficar viúva, pretende se manter longe das amarras do casamento. Não confia nos homens em geral, mas isso não a impede de reconhecer que existem alguns que prestam.rs Como é o caso do nosso querido conde. Claro que isso não a faz mudar de ideia sobre o casamento. Ela podia gostar da companhia dele, querer passar um tempo ao seu lado. Mas partiria quando o tempo melhorasse. E qualquer coisa que existisse entre os dois ficaria para trás. Não estava disposta a perder sua liberdade por nada nem ninguém. 

- Eu gostei muito desta história. É leve, divertida e fofa, daquele tipo que lemos para passar o tempo e colocarmos um pouco mais de romance no nosso dia. O casal é formado por duas pessoas de personalidade forte, que vão atrás do que desejam e que jamais ficam lamentando pelos cantos pelo que não pode ser mudado. É fácil torcer pelos dois, mesmo que o Campion considere a diferença de idade entre ele e a Joy (que tem mais ou menos a mesma idade que seus filhos mais jovens) um grande impedimento pra que fiquem juntos. É aí que entra toda a determinação da mocinha para mostrar que idade não é tudo e ela é muito mais madura do que ele pode imaginar. Eu sempre sorria com o atrevimento dela.rs Eram os momentos mais divertidos do livro. 

Se recomendo?! Claro que sim! :)



Este livro foi minha escolha para o tema de dezembro da Maratona Romances de Banca, que consistia em ler um romance (de banca, claro) que se passasse na época de Natal



O Clã De Burgh 

2- O Anel de Noivado
3- Coração de Guerreira
3.5- Uma Visita Inesperada
4- Um Lorde para Amar
5- A Noviça de Burgh 
6- Reynold de Burgh: O Cavaleiro Negro
7- O Último De Burgh

Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers (não necessariamente nesta ordem). Mãe da gatinha Luana. Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

8 comentários:

  1. Eu gosto muito quando tem nessas séries esses livros entre um volume e outro. Parece ser uma leitura maravilhosa mesmo e eu adorei saber que os personagens tem personalidade forte.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse conto/novela, mas gostei da premissa dele, ainda mais por destacar uma mulher forte e ainda trazer um enredo divertido. Apesar de ter lido muitos romances de banca em um passado distante eu não me lembro de ter algum que se passasse no natal, então quero ler.

    Abraços e feliz 2019.

    ResponderExcluir
  3. Oi Luna!
    Você já deve saber que romances de época não é um estilo que curto e por mais que esteja em alta, com diversos lançamentos, nunca fico interessada.
    Achei legal dessa novela que apesar de focar no romance, rsrs, não parece algo forçado. E a personagem feminina ter esses pensamentos é muito importante.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu amei conhecer esse livro pela sua resenha, fiquei curiosa para conferir esse romance e ver como eles vão lidar com a diferença de idade, e pelo seu post já gostei do perfil desse casal.

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia essa serie e peguei a dica como livro de natal, mas com certeza quero ler antes e acho que vou gostar porque adoro histórias que colocam romance na nossa vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?

    Confesso que não conhecia o livro e a autora, a sua resenha ficou bem legal, mas infelizmente dois fatos me desanimam a realizar a leitura de "Uma visita inesperada". Primeiro que eu (Yvens) não sou muito fã de romances de época e segundo por ser uma série grande, isso que me desanima mais. Desejo boas leituras!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro e adorei a sua resenha sobre ele, uma história leve às vezes é uma leitura necessária, sendo divertida e fofa só me interessa ainda mais. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia o livro e nem a autora, mas parece ser uma leitura bem leve e envolvente. Gosto muito de livros assim, especialmente para intercalar com livros mais pesados. Adorei a indicação e vou procurar os outros livros da série, para ler na sequência.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Todavia, observe que:

1- comentários feitos apenas para divulgação de sorteios ou coisas parecidas não serão publicados;

2- comentários ofensivos serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog basta mandar um e-mail para contato@emocoesaflordapele.com e eu responderei o mais rápido possível.

Topo