25 de abril de 2010

"Chantagem Audaciosa" - Lynne Graham

Tempo de leitura:
Palavras de uma leitora...
 Faye se apaixonou pelo príncipe Tariq no momento que bateu com o carro na limosine dele... E foi por causa desse amor que mentiu sobre sua idade. Uma mentira inocente que o fez pensar que ela era tão mercenária quanto o padrasto e que só queria por as mãos em seu dinheiro. E ele só se casou com ela para evitar que seu padrasto armasse um escândalo. Mas o casamneto terminaria instantes depois de começar. E foi assim: se casaram e separaram no mesmo dia. Faye nunca sofreu tamanha humilhação antes...

Quase um ano depois, Faye se vê obrigada a implorar clemência para o príncipe Tariq. Seu irmão estava aprisionado no país do príncipe e só ele poderia libertar seu irmão, mas o que o príncipe pede em troca, poderia superar a humilhação que ela já havia sofrido em suas mãos: ele só libertaria seu irmão se ela se tornasse sua amante!

A pobre Faye não teve escolha. Amava o irmão e se sacrificaria por ele. Entregaria ao príncipe sua virgindade e estaria em seu poder até o dia que ele se cansasse dela. Se sujeitaria a qualquer tipo de humilhação e não teria a quem recorrer. Estaria no país dele, sujeita as leis dele e seu padrasto certamente não iria ao seu auxílio. O príncipe Tariq não era nenhum sádico, mas não suportava traição e a considerava uma traidora. Faye sabia que ele não faria mal ao seu físico, mas e ao seu coração?

Se quiser saber o que acontecerá com Faye, leia o livro. Esse é imperdível. Uma grande surpresa aguardava os leitores. Por essa revelação nem eu esperava quando li o livro.

Uma leitora que se envolve profundamente com as histórias que lê, que é apaixonada por músicas, filmes... uma romântica incurável.Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers (não necessariamente nesta ordem). Mãe da gatinha Luana. Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

2 comentários:

  1. Um homem como Tariq só existe na ficção, a autora criou um personagem de poucas palavras, mas de muita sabedoria. Tariq era um príncipe apaixonadíssimo, sensual, honesto, sempre mostrando que era capaz de qualquer coisa pela Faye, claro que era muito orgulhoso, e ele podia ser orgulhoso, afinal era um príncipe e havia sido enganado. Nunca foi cruel com a mocinha, mesmo quando a imbecilzinha deu-lhe um tapa no rosto, ao contrário, enquanto isso ele procurava devolver-lhe tudo que ela tinha perdido somente para fazê-la feliz, senti muito mais o amor de Tariq pela Faye do que o dela por ele. Faye não me cativou, muito idiota, uma marionete nas mãos do padrasto e ainda se achando a poderosa, o romance vale a pena somente pelo príncipe. RECOMENDADÍSSIMO para quem gosta de uma estória de amor verdadeira.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Beatriz!

    Nossa! Já faz oito anos que li este livro. Nem consigo acreditar. Não lembro muito da história, mas sei que esses primeiros livros da Lynne Graham costumavam ser os meus preferidos. E creio que gostei muitíssimo desta história. :)

    Lamento que você não tenha gostado da Faye.rsrs Eu gostei dela, embora fosse sim bem ingênua, do tipo manipulável. E isso também me irrita nos livros, quando a mocinha é boba demais.

    ResponderExcluir

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Todavia, observe que:

1- comentários feitos apenas para divulgação de sorteios ou coisas parecidas não serão publicados;

2- comentários ofensivos serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog basta mandar um e-mail para contato@emocoesaflordapele.com e eu responderei o mais rápido possível.

Topo