23 de dezembro de 2017

Das Coisas Inesquecíveis de 2017

Tempo de leitura:


2017 está nos dizendo adeus. E confesso que fico feliz por isso.rsrs Foi um ano maravilhoso em vários aspectos, mas em outros... Não sentirei falta. 

Este ano muitas coisas mudaram em minha vida. Mudanças positivas em sua maioria, mas sou a pessoa que menos gosta de mudanças neste mundo.kkkkkk... Sempre disse isso e até quem não me conhece muito bem sabe. Algumas situações se alteraram para sempre. Sinto que estou crescendo cada dia mais. Avançando. Só que é inevitável que certos momentos e pessoas fiquem para trás no caminho. Que deixem de fazer parte da minha vida, não importa o quanto eu deseje o contrário. 

Não esquecerei minha despedida do meu antigo estágio. Fiquei lá por dois anos e só disse adeus no momento em que meu contrato terminou. Como eu estagiava num órgão público não havia a possibilidade de ser efetivada, por mais que amasse cada instante que vivi lá. Fiz amizades incríveis, conheci pessoas maravilhosas e foi com lágrimas nos olhos e um doloroso nó na garganta que deixei aquele cantinho que já considerava meu. Minha ex-chefe e colegas de trabalho foram as melhores que eu poderia ter conhecido. Sei o quanto é difícil encontrar um ambiente de trabalho agradável hoje em dia, com pessoas que não tentem te apunhalar pelas costas ou te derrubar de outras formas. Sei que fui privilegiada e valorizo a oportunidade linda que tive. Minha despedida foi triste, mas bela. E tenho um pouco de cada uma delas nas lembranças que carrego e nos livros que me deram de presente com dedicatórias lindas. 

Não esquecerei a oportunidade que tive de iniciar um novo estágio na semana imediatamente seguinte àquela em que o outro terminou. Tudo é diferente, claro. Pessoas diferentes, ambiente completamente distinto também. E tudo é ainda muito recente para que eu já tenha me adaptado. Ainda assim tenho aprendido muito e sei que com o tempo me acostumarei com esta mudança. 

Sem sombra de dúvidas, 2017 foi positivo na minha área profissional, nos meus estudos. Encerrei uma fase importante e em 2018, se tudo der certo, terminarei minha graduação. É claro que estou muito feliz. Mas é hora de falar de outras coisas...rsrs

Impossível será esquecer todos os livros especiais que tive a oportunidade de ler este ano. Querida Sue é apenas um exemplo. Não li tanto quanto gostaria e minha meta de leituras foi quase um fracasso, mas tive o privilégio de ler histórias arrebatadoras e que estarão sempre em meu coração. 

Como não mencionar também as séries fantásticas que comecei ou continuei? Gilmore Girls preencheu várias das minhas noites com risos, descontração, puros momentos de alegria. Sinto saudades. Quero demais seguir assistindo essa série!

Também comecei a ver duas novas novelas. Muy Padres, que conta de maneira um tanto divertida os dramas familiares de três pais complexos e imaturos (risos) e... Amor Proibido, que começou no último dia 18 e já me prendeu como poucas. Quem acompanha meu blog sabe que jurei que não assistiria essa novela se a Band a exibisse. Que não sou masoquista, que não iria querer sofrer como sofri com Ezel e blá, blá, blá...kkkkkkkkk Só que não resisto, gente! Não consigo!rsrs As novelas turcas exercem todo um fascínio sobre mim. Nunca sou capaz de não vê-las. É evidente que chorarei até me desidratar, mas a verei até o seu amargo fim. 

Este também foi um ano excelente para os livros clássicos na minha vida. Nunca li tantos clássicos como em 2017 e fiquei tão feliz com esta experiência que num dos posts que farei em breve vocês terão uma ideia dos meus desafios para o novo ano que se aproxima. :) Além disso, também li muitos contos, algo que não tinha o hábito de fazer. Eu escrevo contos. Todavia, ler era outra história. Então me propus a apostar em livros de contos e foi algo realmente maravilhoso! Não quero mais parar! :D

Também foi extremamente positivo participar do Projeto Escrevendo sem Medo. Graças a ele, voltei a me dedicar mais à escrita, retomar antigos projetos e me aventurar por histórias novas e outros estilos literários. Até escrevi um poema, vê se pode!kkkkkk... Foi delicioso me desafiar assim! Este texto que agora escrevo é o último deste projeto. Espero que ano que vem tenhamos mais! 

Não deixo de agradecer a Deus por todas as coisas boas que me aconteceram e partilhei com vocês e também por todas as outras que apenas guardo para mim. Tudo o que sou eu devo a Ele. Tudo o que conquisto é graças a Ele e não me envergonho de admitir. Não sou absolutamente nada sozinha. 

Também agradeço a vocês, meus leitores tão maravilhosos que me aguentam todos esses anos. Obrigada pelas visitas, pelos comentários, pelos emails que me enviam, pela amizade linda que me oferecem. Amo muito vocês! Sei que não estou me dedicando ao blog como gostaria, mas eu sempre tento. É apenas a correria do dia a dia que me impede de aparecer como eu desejaria. Que me impede de ler mais, resenhar mais, trazer mais novidades pro blog. Mas seguirei tentando. Quem sabe um dia consiga me organizar de um jeito que dê certo?!rs

- Ainda aparecerei aqui em 2017, por isso não lhes desejo Feliz Natal e Ano Novo agora. :D



- Este é meu décimo segundo texto para o Projeto Escrevendo sem Medo

Este projeto foi criado pela Thamiris do blog Historiar. Clique aqui para conhecê-lo melhor. 

Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers (não necessariamente nesta ordem). Mãe da gatinha Luana. Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Todavia, observe que:

1- comentários feitos apenas para divulgação de sorteios ou coisas parecidas não serão publicados;

2- comentários ofensivos serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog basta mandar um e-mail para contato@emocoesaflordapele.com e eu responderei o mais rápido possível.

Topo