14 de abril de 2020

Beleza Impura - Sharon Kendrick

Tempo de leitura:
Literatura Inglesa
Título Original: A Tainted Beauty
Tradutora: Angela Monteverde
Editora: Harlequin
Edição de: 2013
Páginas: 183
Série O Dinheiro não Compra Amor - 2/2

19ª leitura de 2020

Sinopse: Ciro D' Angelo queria uma esposa pura como a neve. Ao conhecer Lily Scott, tinha certeza de que ela era a mulher ideal! Porém surpresas surgem na noite de núpcias...


Não sei como começar a falar de tudo o que me tirou do sério neste livro. Ainda não consigo acreditar que realmente li uma "coisa" assim. E nem é possível dizer que o livro é tão "absurdo", com um protagonista extremamente machista, que nos dá asco, por ter sido escrito no século XX ou algum período anterior. Não. O livro é do século XXI. Originalmente publicado em 2012. E tem um dos mocinhos mais escrotos que tive o desprazer de conhecer. E uma mocinha tapada, que ainda considera merecer o tratamento desprezível que recebe dele!!! Faz mais de 24 horas que concluí a leitura, mas sigo furiosa com esta história. Não tem um só personagem que salve este livro! 

Lily é uma jovem de vinte e poucos anos, que pertence à uma família aparentemente com bons recursos financeiros, mas por motivos não totalmente explicados no livro, ela não pôde fazer faculdade e nem teve uma boa educação, se vestindo sempre de maneira bem humilde e um tanto antiquada. Trabalhava desde a adolescência como garçonete (mesmo pertencendo à uma família com dinheiro e certo status) e com o tempo passou a se dedicar a preparar bolos, que eram vendidos no estabelecimento de sua patroa. 

Com a morte de sua mãe, o pai dela (que tudo indica que era amoroso com os dois filhos) voltou a se casar. A madrasta era alguém mais jovem que ele e fazia o tipo "madrasta da Cinderela". Acontece que o pai de Lily faleceu pouco tempo depois do casamento e, ACREDITEM SE QUISEREM, não deixou nada para os dois filhos (????!!!). Tudo foi herdado pela madrasta má: a mansão, todos os objetos de valor (inclusive o colar da mãe da Lily, que valia uma fortuna), ações... Absolutamente tudo. Ele amava os dois filhos, mas inexplicavelmente (isso não é explicado em nenhum momento da história) não se preocupou em deixar nada para eles, considerando a madrasta a única merecedora de herdar os bens. Sendo que o irmão da Lily, ainda por cima, era menor de idade. 

Assim, a pobre Cinderela tem que trabalhar ainda mais para manter o irmão num bom colégio e, de repente, se vê diante da notícia de que sua madrasta má vendeu a mansão de sua família e ela não tem mais onde morar. 

No meio de todos os seus dramas, a mocinha descobre que o comprador é um italiano cheio de si, que ficou "encantado" por ela na primeira vez que a viu e que após convidá-la para jantar acredita que já terá, de primeira, direito ao seu corpo. Sim. Ele a convida para jantar no hotel onde está hospedado, pois queria que ela fosse para a cama com ele logo em seguida. É bem assim mesmo. Não estou inventando. 

Só que Lily não aceita ir para a cama com ele no primeiro encontro e isso é suficiente para Ciro colocar na cabeça que ela era virgem. Sim!!! Só sendo virgem para se recusar a ir para a cama com alguém que ela praticamente não conhecia!!!

Então, ele passa a ver a mocinha como a personificação da "pureza" (ela nunca disse que era virgem. Nunca!) e decide que vai se casar com ela o mais rápido possível, pois não quer que ninguém tire dele o privilégio de ser o primeiro. E aí ele cria todo um ideal em torno da garota. Pensa que ela será a sua esposa "perfeita", tradicional, "do lar", que não trabalhará fora, que será inocente na cama e fora dela, que sempre irá obedecê-lo e, claro, que nunca poderá cortar os cabelos. Ele chega ao cúmulo de fazê-la prometer que jamais cortaria os cabelos, pois não queria que ela fizesse isso. 

E aí temos o casamento relâmpago e a tão desejada noite de núpcias, quando ele percebe que ela não é virgem e faz um show. Fazia tempo que eu não desejava tanto agredir um personagem...

O pior de tudo é a mocinha se sentir culpada por não ser virgem, se sentir culpada por ter frustrado as expectativas dele e aceitar toda a grosseria, os maus-tratos, a canalhice desse verme. Ele chega ao ponto de dizer que ela se vestia como se vestia para enganá-lo (sendo que ela usava aquelas roupas MUITO antes de ele surgir na vida dela) e que "sem roupa" ele a via como ela realmente era. Como assim?!!! De onde esse lixo de personagem saiu?! E mais: diz que depois disso vai se divorciar dela, mas que ela terá que "fingir" um casamento perfeito por seis meses, pois ficaria péssimo para a IMAGEM DELE que o divórcio acontecesse logo depois do casamento. 

E a forma como a Lily tolera tantos absurdos, como fica defendendo as atitudes dele, como o vê como o certo e joga toda a culpa para cima de si mesma... Isso não dá para suportar! Eu senti asco dos dois! 

Quando ela finalmente "acorda" não é convincente e o mocinho não sofre nada por tudo o que fez com ela. O final feliz deles é uma piada. 

Não recomendo! Me arrependi amargamente de ler essa história. 


-> DLL 20: Um livro que comece com a 1ª letra do seu nome 
(meu nome é Bruna, apenas meu pseudônimo é Luna)


Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers (não necessariamente nesta ordem). Mãe da gatinha Luana. Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

12 comentários:

  1. oi Luna
    eu li a outra resenha sua de romances de banca da Carol Marinelli e que diferença gritante de um romance para outro nao e mesmo?Mas esses romances sáo assim mesmo
    eles tem a capacidade de deixar a gente com um sorriso no rosto e tambem tem a capacidade de nos deixar extremamente irritadas
    Eu fiquei assim bem irritada com um livro que li
    so que nesse caso quem me tirou do serio foi a mocinha
    eu demorei a ler o livro dava vontade de jogar o livro na parede
    aos trancos e barranquos terminei de ler o livro e o troquei rapidinho sem do nem piedade kkkk
    Esse livro eu tenho mas nem sei quando lerei
    tomara que os proximos livros que voce ler dessa coleçao sejam beeeem melhores
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eliane!

      Verdade! São histórias bem diferentes e "Beleza Impura" foi uma grande decepção.

      kkkkkkkkkkkk... É horrível quando um livro nos provoca tanta raiva. Ficamos furiosas e ainda com a sensação de tempo perdido.

      Também espero!rsrs

      Bjs!

      Excluir
  2. Minha nossa, eu senti o seu ódio nas palavras.
    Mas também pudera que mocinha mais sem noção gente.
    E engraçado né? A história parece ser boa. Uma pena que os personagens estragaram ela. Não posso te dizer que iria ler, mas com certeza se fosse o caso não teria passado do primeiro capítulo

    ResponderExcluir
  3. Gente, faz tempo que não leio uma resenha em que o livro tenha ganho apenas uma estrelinha, mas olha, achei seus argumentos bem interessantes e acredito que não funcionaria pra mim também!!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Eita é bem complicado quando realmente uma leitura não agrada. Há um bom tempo que não leio romances de bancas, pois tenho achado furos na história que me incomodam, e para falar mal né, prefiro nem ler. Apesar de amar romance e romances de época, sinto que livros sem ser os pockets conseguem trazer as histórias de forma mais completa. Enfim, uma pena que tenha odiado, e espero que tenha uma próxima melhor leitura!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Opa, tudo bem por aí?

    Nossa, eu to gritando com essa obra kkkkkk. Realmente, parece ser péssima! Deus me livre, eu acho que eu não iria nem aguentar chegar ao fim e abandonaria, viu? Você foi forte em ter aguentado firme, parabéns! Sem falar que parece até romantizar um relacionamento abusivo e o cara não sofre nenhuma consequência no fim... Obrigado por nos avisar para que passemos longe haha.

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Luna!
    Eu não conhecia o livro nem a autora, mas só pela capa, não seria uma história que tentaria ler.
    Depois da sua resenha, tenho certeza absoluta que quero passar o mais longe possível dele, rsrs. Só de ler os seus comentários, já fiquei irritada, imagina lendo o livro? Nem a pau... Nem sei como você conseguiu terminar, eu provavelmente teria largado nas primeira páginas.
    Parabéns pela sua resenha sincera.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/04/resenha-talvez-um-dia.html

    ResponderExcluir
  7. Oi Luna!
    Fui correndo ver qual o livro que tenho dela e ufa... não é esse, tenho Sedução e Orgulho que ainda não li. É complicado quando uma leitura nos desaponta, principalmente quando não tem um bom enredo e não tem informações importantes sobre os personagens, pela sua resenha deu para ter uma ideia sobre a situação da história e que realmente deixou a desejar. Parabéns pela resenha e sua sinceridade, bjs!

    ResponderExcluir
  8. Vixi, ao começar a ler a resenha, pensei que fosse me encantar e anotar mais uma dica, mas foi ao contrário. É terrível quando nos decepcionamos com uma obra, passa aquela sensação de perda de tempo. Passei a vez.

    ResponderExcluir
  9. Olá Luna!!!
    Eu posso simplesmente ignorar e fingir que nunca vi esse livro na vida?? Caramba, que livro mais horrível e pensar que essa história foi escrita no nosso século é que me dar mais embrulho no estômago, pois uma história assim se torna mais que desnecessária.
    Parabéns pela sinceridade e livro passado totalmente.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oiii,

    Problemática em? São tantos pontos problemáticos na história que acho que nem da para falar tudo. Quando eu vi a capa eu achei que era daqueles romances de revista que a Harlequin costumava ter, que eram de livros escritos em 1910 e tal kkkkk Eu tenho um assim que eu amo, que para a época que ele foi escrito eu acho que tem pouco machismo, e acho que é por isso que eu amo. Mas olha eu já super anotei o nome deste livro que é para eu passar bem longe dele, porque se eu ficar um terço de como você ficou, eu acho que eu acabo colocando fogo nele.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Luna, tudo bem ?
    Como comentaram, também achei ser os livros de banca. Eu já li alguns livros que citam abusos psicológicos , mas que a mulher sempre supera, faz algo de valor e que mostra a importância de saber parar aquilo que está sendo sofrido.
    Agora ela defende ? Gente, que coisa maluca.
    Não gostei. É algo muito psicótico para mim.
    Beijos

    ResponderExcluir

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Todavia, observe que:

1- comentários feitos apenas para divulgação de sorteios ou coisas parecidas não serão publicados;

2- comentários ofensivos serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog basta mandar um e-mail para contato@emocoesaflordapele.com e eu responderei o mais rápido possível.

Topo