29 de janeiro de 2020

Milagre na 5ª Avenida - Sarah Morgan

Tempo de leitura:
Literatura Inglesa
Título Original: Miracle on 5th Avenue
Tradutor: William Zeytoulian
Editora: Harlequin
Edição de: 2019
Páginas: 320
Série: Para Nova York, com Amor - Livro 3

Sinopse: O amor chega para todos - seja sonhando com ele ou fugindo o máximo que pode. Após Amor em Manhattan e Pôr do Sol no Central Park, Sarah Morgan volta com outra história que vai fazer você suspirar.Eva Jordan ama tudo que envolve o Natal. Romântica incurável, ela passará as festas sozinha esse ano, mas nada destrói sua fé inabalável no amor e nas coisas boas da vida. Quando ela tem a oportunidade de decorar a casa de um escritor rico e famoso na 5ª Avenida, aceita sem pensar duas vezes. O que Eva não esperava, no entanto, é que a casa estaria ocupada por seu recluso ― e misterioso ― dono. Lucas Blade é especialista em escrever cenas aterrorizantes, mas é o Natal que está sendo seu maior pesadelo. Há poucas semanas do prazo final de entrega de seu próximo livro, ele ainda não tem uma história ― nem mesmo um personagem principal! Além disso, o aniversário da morte de sua esposa está chegando, o que o deixa imerso em uma névoa carregada de dor e luto. Eva vive em seu planeta particular e Lucas em um mundo de dor e desconfiança. O que a vida mostra a eles é que duas pessoas diferentes podem ter mais em comum do que imaginam ― incluindo uma atração inegável um pelo outro.




Desde o primeiro livro da série, nós nos encantamos com esta personagem que finalmente teve a oportunidade de contar toda sua história e nos mostrar que era bem mais do que a amiga sensível que tinha que ser protegida todo o tempo das realidades da vida.

Em Amor em Manhattan, Eva nos fez rir muito com seu jeito espontâneo, totalmente sem filtros, que sempre dizia o que pensava, mesmo que fosse algo constrangedor.rs Enquanto Paige, protagonista do primeiro livro, era toda prática, pé no chão e cheia de reservas, Eva era o sol que iluminava a vida de suas amigas, com seu coração enorme, que acreditava completamente no amor verdadeiro e sonhava em encontrar seu próprio príncipe encantado.

"Ninguém entende de romance mais do que eu."

Todas as três eram independentes e dedicadas ao trabalho, mas enquanto Paige levava muito a sério a conquista de seu próprio negócio (em sociedade com Frankie e Eva) e queria mostrar para todos que conseguira libertar-se do passado de internações por problemas de saúde e que ninguém mais deveria se preocupar com ela... E Frankie também preferia mergulhar no trabalho e esquecer que amava em segredo o Matt, irmão de Paige... Eva só queria amar e ser amada, sem segredos ou reservas. Valorizava seu trabalho, era extremamente competente e bem-sucedida, mas queria o amor, o seu conto de fadas... Não era pedir muito, certo? Ela sabia que a vida não era perfeita, mas tinha esperanças de que, em algum lugar do mundo (de preferência ali em Nova York mesmo) estava a sua outra metade, o homem que a aceitaria como ela era e a amaria para sempre. Não aceitava menos que isso. O que talvez explicasse por que ainda estava sozinha...

"Além disso, todo mundo sabe que nunca se encontra o amor quando se procura por ele. Você tem que esperar que ele te encontre."

Mas finalmente se cansara de tanto esperar. Paige e Frankie já tinham conseguido cada uma o seu próprio final feliz, isso quando elas menos esperavam (tudo bem que as duas fizeram sua parte para estar com o homem que desejavam, em vez de esperar que o destino resolvesse tudo), e não fazia sentido que sendo ela a mais romântica e sonhadora das três, ainda estivesse naquela situação, encontrando sapos no lugar de príncipes. Aquilo precisava mudar. Por isso, decidira que naquele Natal estaria acompanhada. Sairia à caça, pois não tinha mais paciência para esperar pela fada madrinha.

O que ela não poderia imaginar é que uma velhinha simpática, avó de um certo escritor de livros de suspenses e terror, decidiria interferir um pouco (muito) na sua vida e na do neto, fazendo a magia acontecer para os dois naquele Natal...


"- Alguém se apaixona nos seus livros?
- De vez em quando.
- Sério? - Eva pareceu surpresa. - Mas elas sobrevivem para viver felizes para sempre?
- Nunca."

Ao aceitar decorar o apartamento de Lucas Blade, um famoso escritor de livros que ela jamais se atreveria a ler (a não ser que quisesse ter pesadelos pelos próximos anos), Eva acreditou que o serviço seria bem simples. Ela amava o Natal com todas as suas forças, embora seu coração estivesse triste por sua avó não estar mais ali com ela, para viver todas as alegrias daquela época. Mesmo de luto, ela queria tornar aquela época especial para Lucas, ainda que não o conhecesse. Decoraria a casa inteira com tudo o que o Natal pedia e deixaria refeições deliciosas no congelador, para quando ele voltasse de Vermont, local para onde a cliente de Eva (que se tornara uma grande amiga e era também a avó de Lucas) dissera que ele viajara. Quando ele chegasse, encontraria a casa aconchegante e ficaria imensamente grato à avó por isso. Bem... isso se tudo ocorresse conforme Eva desejava.... O que não é exatamente o caso.

Para começar, Lucas não estava viajando como Eva acreditara. Assim, o primeiro encontro entre os dois não é um dos melhores, pois ambos imaginavam que estavam diante de um assaltante.rs Como fora informada de que a casa estaria vazia, ela se assustou demais ao perceber outra presença ali dentro e fez o que qualquer pessoa apavorada faria: ligou para a polícia pedindo socorro. Só que antes que o socorro chegasse, o "assaltante" decidira rendê-la e, no meio de toda a confusão, quando a ajuda finalmente chegou, ela é que foi vista como a errada, já que Lucas estava dentro da própria residência e fora surpreendido pela invasão provocada por uma completa estranha.

"- Esse é o primeiro contato mais estranho que já tive com alguém. Primeiro você tenta me matar...
- Eu não tentei te matar. Tentei te imobilizar.
- Dada a diferença de tamanho e peso entre nós, dá no mesmo."

Após o embate inicial e toda a confusão provocada pelas ideias casamenteiras da avó de Lucas, Eva decide prosseguir com seu trabalho, já que havia sido contratada para decorar o apartamento e não sairia dali sem cumprir o combinado. Lucas, por outro lado, ao ouvir as palavras sem filtros de Eva (algo que o divertia mesmo que ele não admitisse) e observá-la por um tempo... percebe que encontrara tudo o que precisava para vencer seu bloqueio criativo e escrever seu novo thriller. Com toda sua bondade e ar sonhador, Eva daria uma excelente assassina e ele precisava da presença dela ali para criar sua personagem.

Mas o convívio não demora muito para derrubar todas as defesas dele e fazê-lo desejar bem mais do que tê-la ali como inspiração para seu livro.

"Lucas esboçou um sorriso com o canto dos lábios. Um sorriso tão irresistível que Eva correspondeu. 
Ai, merda. Ela estava encrencada."

Ler este livro era tudo o que eu precisava depois de ter sido destroçada por O Sorriso da Hiena, um thriller psicológico que nos mostra o pior da natureza humana. Eu precisava mesmo de um romance leve, que me fizesse rir e sonhar acordada com os protagonistas. Eva e Lucas conseguiram me apaixonar, foi muito fácil torcer pelos dois, para que encontrassem o final feliz que mereciam.

Achei incrível e convincente a construção dos personagens. Eles são cheios de camadas e ao longo da história descobrimos muito mais do que estavam dispostos a mostrar no início. Embora conheçamos a Eva desde o primeiro livro da série, somente na história dela temos a chance de vê-la mais profundamente, de entender sua relação com a avó, cuja morte ela não superou, de compreender por que ela é tão livre... tão Eva.rs Eu amei saber mais sobre esta personagem tão contagiante, tão cheia de vida e sentimentos bons. É impossível não sermos atingidos pela esperança dela, por todo esse amor e vontade de viver.

Já o Lucas é quase o total oposto dela. Ele começa a ser mencionado na história ainda no primeiro livro, se não estou enganada, pois Frankie é muito fã dos livros dele e Eva se torna amiga de Mitzy, a velhinha simpática (e intrometida.rs) que é avó do mocinho. Mas só aqui temos a oportunidade de conhecê-lo e nos apaixonarmos por um personagem que sofreu tanto e morria de medo de amar outra vez.

"- Sei como é perder alguém que se ama. - A risada sumiu da voz dele. - Você acha que está bem, que tudo está sob controle e então, do nada, vem tudo de novo."

Ele era casado com sua melhor amiga de infância, a menina que conheceu quando ela tinha só cinco anos e roubara a maçã dele. Daquela amizade tão pura e natural, surgiu o amor e Lucas acreditava que tinha tudo o que poderia desejar: o trabalho dos seus sonhos e a mulher que amava mais do que tudo. Todavia, três anos atrás, poucas semanas antes do Natal, um acidente lhe tirara aquela que ele acreditava que estaria sempre ao seu lado. Seu coração que até então nunca conhecera a dor da perda, se fechou por completo para o amor. Seu refúgio foram os livros, tanto os que lia quanto os que escrevia. Não desejava a companhia de ninguém, nem mesmo da avó que insistia em tentar fazê-lo superar a perda e seguir em frente. Ele simplesmente se isolara do mundo e estava muito bem assim... Pelo menos, era o que achava. Nunca mais queria se apaixonar porque amar machucava demais.

Foi perfeita a construção dos personagens e o desenvolvimento da relação entre eles. A autora criou personagens que se completavam, promovendo uma espécie de equilíbrio, já que um tinha o que o outro precisava. Eva fazia o Lucas desejar acreditar novamente, o fazia ansiar por coisas que ele acreditava que nunca mais fosse querer. E como ambos sabiam o que era perder alguém muito amado, compreendiam a dor um do outro, sabiam escutar, confortar mesmo sem palavras. O amor entre os dois acaba surgindo da amizade, da confiança conquistada... eles contam um para o outro coisas que não compartilhavam com ninguém. E é lindo ver como vão se curando, como vão se tornando tão conectados e um simples olhar passa a dizer tantas coisas... Suspiros...

É um livro que nos faz rir, que nos faz sonhar, mas que também fala de assuntos dolorosos, como a perda de alguém amado e como é difícil superar a dor. Mas mesmo assim não é uma história que nos deixe tristes em algum momento, pois a autora tem uma escrita tão leve e a Eva é tão cheia de luz, que não permite que a tristeza invada seu mundo por muito tempo e jogue alguma sombra sobre a sua esperança. Eu amaria ter uma amiga como a Eva, seria impossível ficar triste perto dela.rs Não há dúvidas que o Lucas é um homem de sorte por conquistar alguém tão especial. Começo a pensar que os livro dele, tão cheios de terror e mortes sangrentas, passarão a ter finais cor-de-rosa.kkkkkkkkk... Como é que ele vai conseguir criar histórias de terror com a Eva ao seu lado?! Será um grande desafio!rs

"Todos têm malas mas, na viagem da vida, leve apenas a bagagem de mão. - Frankie"

A amizade entre Paige, Frankie e Eva me conquistou ainda em Amor em Manhattan, como vocês sabem. Antes de falar de romance de amor, esta série (que originalmente era uma trilogia) fala de mulheres modernas, independentes, unidas por um laço de amizade profundo, que as transformam em família. No primeiro livro isso se torna muito mais evidente, pois apesar de ter espaço para o amor entre a Paige e o Jake, nos mostra todo o início da Gênio Urbano, empresa que as três criam juntas após perderem o emprego e a segurança que possuíam. Em vez de sentarem e chorarem como se o mundo tivesse acabado, elas deram a volta por cima e se tornaram sócias, quando não tinham praticamente nada para começar. A força das três impressiona e a amizade entre elas é belíssima. São muito diferentes umas das outras e acho que é isso que as tornam ainda mais unidas. Elas se completam. Senti falta disso em Milagre na 5ª Avenida.rs Não que a amizade delas tenha enfraquecido (de jeito nenhum!), mas o que acontece é que este terceiro livro é focado no amor entre Eva e Lucas, é o mais romântico da série até agora (até porque Eva é a mais romântica das três amigas) e não houve muito espaço para Paige e Frankie aparecerem. Elas estão no livro, aparecem em algumas cenas, tanto pessoalmente quanto falando pelo celular com a Eva, mesmo assim senti falta de mais cenas.rs Ah, Jake (par romântico da Paige) e Matt (par romântico da Frankie) também aparecem, é claro! Os momentos sempre ficam hilários por causa desses dois palhaços.rsrs

Como eu disse, originalmente Para Nova York, Com Amor era uma trilogia, que giraria em torno de Paige, Frankie e Eva. Todavia, parece que a autora decidiu transformar em uma série e não faço ideia de quais são os títulos dos demais livros lá fora e se já foram todos publicados. Também não sei se a Harlequin vai decidir trazê-los para o Brasil. Confesso que não fiquei muito feliz por não terminar no terceiro livro. Eram três livros, para contar a história das três amigas. Sempre foram elas. Só as três. Não existem outras amigas que façam parte deste núcleo. Elas até possuem outras amizades, mas não é nada como o laço que une as três. Portanto, não vejo sentido em não ter terminado a série com este livro aqui. E já adianto que provavelmente não lerei os demais. Para mim, terminou com Milagre na 5ª Avenida e fechou com chave de ouro. :)

É difícil eu dar 5 estrelas e favoritar todos os livros de uma série. Mas foi impossível não ser arrebatada pelas três histórias. Todas elas são cinco estrelas e favoritas. Todas são lindas e especiais. Recomendo MUITO!!!


-> DLL 20: Um livro chick-lit


Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers (não necessariamente nesta ordem). Mãe da gatinha Luana. Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

6 comentários:

  1. ola Luna tudo bem ? que resenha boa
    ainda mais depois daquele livro arrepiante que voce fez
    Ainda nao tinha lido nenhuma resenha desse romance e fiquei com muita vontade de ler
    adoro romances que me deixam suspirando rsrs
    e uma pena que os livros estao carinhos
    meu bolso náo aguenta kkkk bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Eliane!

      Eu estava precisando muito de um livro leve depois daquela história tão pesada.

      É maravilhoso! A história nos faz sonhar acordadas, nos encanta completamente! A trilogia toda é apaixonante!

      Sim, infelizmente os livros estão caros. Mas sempre aparecem promoções incríveis no Submarino e na Amazon. Eu o comprei justamente numa promoção da Submarino no ano passado.

      Bjs!

      Excluir
  2. Olá

    Essa foi a maior resenha que li, mas fiquei muito feliz de lê-la porque mostra toda sua empolgação e amor por essa trilogia. Dar para ver que você se envolveu com as personagens e todos seus dilemas que muitas vezes alguns personagens parecem que são reais que nós esquecemos que eles não existem.

    São três amigas e por que a autora inventou mais livros? Com certeza lucro.
    Não tinha interesse por essa série por causa das capas, mas você me incentivou a acolhê-la e dar uma chance aos romances.

    Beijos e obrigada por essa belíssima resenha.

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li esse livro. Eu vejo a capa dele a vezes, mas nunca parei para ler a sinopse ou descobri mais sobre a narrativa. Pela resenha e pela nota parece ser uma leitura incrível, o que me deixou bem curiosa e animada para querer conhecer o livro agora.

    Beijos,
    Livros Engavetados

    ResponderExcluir
  4. OI Luna!
    Não conhecia essa série, mas adoro enredos quando tem uma abrangência grande de emoções, nos faz refletir e nos envolve. Vou colocar na minha lista de desejados, pois fiquei curiosa sobre eles, acho que por ser trilogia tem que ler desde o primeiro, para ter uma ideia sobre os personagens. Parabéns pela resenha seu entusiasmo me contagiou, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bom?
    Não li nenhum dos livros dessa trilogia ainda, mas sua resenha foi tão encantadora, tão cheia de amor que os três livros já foram colocados na minha lista de desejados da amazon! rs
    Adorei saber sobre esses dois personagens que vão protagonizar esse livro - uma romântica incurável e uma pessoa que já teve um amor e não quer mais encontrá-lo. Essa mistura, sem sombra de dúvidas, é uma ótima pedida. Se isso vem em meio a um núcleo de amigas melhor ainda! <3
    Dica anotada!!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Todavia, observe que:

1- comentários feitos apenas para divulgação de sorteios ou coisas parecidas não serão publicados;

2- comentários ofensivos serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog basta mandar um e-mail para contato@emocoesaflordapele.com e eu responderei o mais rápido possível.

Topo