10 de maio de 2010

Lábios de Fogo - Anne Hampson

Tempo de leitura:
—Era assim que você tratava Marcella? Dando ordens como se fosse um deus? — Raine gritou, perdendo o controle. Os olhos negros de Darius brilharam perigosamente, mas sua voz estava calma, quando respondeu: — Ela não era uma hipócrita como você. Por isso, eu a respeitava. Raine estremeceu. Apesar de tudo, ele tinha razão. Devia estar louca, quando aceitou casar com aquele bárbaro, só por vingança. Agora, não passava de uma escrava que ele arrastava para a cama e possuía, sem qualquer sentimento, além de ódio e desejo. Tinha que suportar até a presença da ex-amante do marido em sua própria casa. Casa? Aquela mansão era uma prisão, onde cada empregado vigiava seus passos. Onde estava condenada a passar o resto da vida, infeliz e desgraçada.

Uma leitora que se envolve profundamente com as histórias que lê, que é apaixonada por músicas, filmes... uma romântica incurável.Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers (não necessariamente nesta ordem). Mãe da gatinha Luana. Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

Um comentário:

  1. Raine estava praticamente com o casamento marcado. Em breve seria esposa de um conde, levando a vida que sempre quis.
    De repente aparece Darius em sua vida. Grego, lindo, rico e pretencioso. Ali mesmo, no meio da festa de noivado, ele praticamente se atirou sobre Raine e, entre olhares famintos sobre a moça, e “decretou” que ela não se casaria com outro, mas sim com ele. E conseguiu! Arruinou o noivado da moça , deu um nó em sua vida, perseguia a coitado como se fosse um lobo faminto, quase pegando-a na força.
    Tendo visto que tudo de ruim que acontecera na sua vida tinha a ver com Darius ela fingiu aceitar suas investidas. Até aceitou seu inesperado pedido de casamento, apenas para dar-lhe uma lição.
    Impôs uma condição: Dariu teria que pagar-lhe um dote ( como os antigos gregos faziam), mas Raine não atinha intenção nenhuma de levar aquele casamento até o fim.
    O confiante grego não esperava receber um revés de Raine. Casaram-se. Ela simplesmente se fez de dócil até o momento de seguirem para um luxuoso hotel em lua de mel e na primeira chance ( enquanto ele fazia a barba no banheiro) ela recolheu suas coisas e saiu em desabala fuga ganhando as ruas. Escondeu-se por alguns dias em um hotel modesto e, com a ajuda da irmã, comprou uma casa no campo ( como o dinheiro do dote), bem longe de tudo. Arrumou emprego e, após tanto tempo já passado, acreditou que Darius era página virada em sua vida... mas que nada!! Um belo dia o dito cujo aparece como um leão ferido querendo a desforra. E que desforra.
    Raine foi praticamento arrastada para sua mansão na Grécia e lá Darius a fez pagar com muitas humilhações por tê-lo feito de idiota.
    Feita cativa naquele lugar onde ninguém queria ajudá-la, pois seu marido era o todo poderoso. Não tinha como fugir.

    ** Que angústia! Achei que não fosse gostar desse livro ou que, pelo menos, Darius seria o primeiro protagonista com ponto negativo na minha lista. Porém, assim como eu, as leitoras vão ver que ele foi sim precipitado e arrogante até a última instância em tudo o que fez ou disse para se aproximar de Raine, pelo simples fato de ter se apaixonado, literalmente, à primeira vista por uma linda mulher.

    ResponderExcluir

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Todavia, observe que:

1- comentários feitos apenas para divulgação de sorteios ou coisas parecidas não serão publicados;

2- comentários ofensivos serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog basta mandar um e-mail para contato@emocoesaflordapele.com e eu responderei o mais rápido possível.

Topo