14 de janeiro de 2019

Uma Noite como Esta - Julia Quinn

Tempo de leitura:

Anne Wynter pode não ser quem diz que é...

Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia - ninguém sabe ao certo - e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre. 

Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo...

Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio. 

O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela. 



Palavras de uma leitora...


- Eu estou tão encantada com esta história... tão perdidamente apaixonada por tudo no livro que nem sei se conseguirei controlar minhas emoções para escrever uma resenha, no mínimo, coerente.rs Estou muito feliz por ter feito uma aposta tão perfeita

Era para estar lendo Vox e O Menino do Pijama Listrado, duas leituras fortes que resolvi enfrentar este mês. E realmente estava lendo ambos os livros, sendo que o segundo já estou quase terminando. Todavia, são leituras que me deixam tão angustiada e à beira das lágrimas o tempo todo que decidi aliviar um pouco as coisas intercalando com um romance de época. A cada capítulo lido dos livros citados eu leria dois capítulos de Uma Noite como Esta.kkkkkk... Acontece que nada saiu como o planejado e no momento em que iniciei a leitura deste livro foi impossível largá-lo.rsrs

"[...] Daniel a fitou do outro lado da mesa e não foi sua beleza que viu. Foi seu coração. Sua alma. E teve a profunda sensação de que sua vida nunca mais seria a mesma."

Era muito bom estar de volta ao seu lar. Por conta de um desafio proposto numa noite de bebedeira e estupidez, Daniel quase assassinara um homem (pior ainda, um amigo), mesmo que tudo não tivesse passado de um acidente. Todavia, era fato que se não estivesse participando de um duelo nada daquilo teria acontecido. Embora Hugh assumisse sua parcela de culpa e não quisesse a cabeça de Daniel como vingança, o mesmo não se poderia dizer de seu pai, que jurara que o mataria, não importava o quanto ele fugisse e se escondesse. Porque o tiro que quase tirou a vida de Hugh o deixou com a perna seriamente lesionada e com dores que provavelmente o acompanhariam pelo resto da vida. Sem outra alternativa para se livrar dos homens contratados pelo pai de seu amigo para matá-lo, Daniel foi embora do país. E viveu por três longos anos fugindo, nunca podendo permanecer por muito tempo em um lugar, pois a sede de vingança daquele homem não tinha fim. Até que, inesperadamente, o amigo foi ao seu encontro, e jurou que ele poderia regressar. Que seu pai desistira da vingança. Poderia ser uma armadilha, é claro, mas Daniel desejava tanto rever sua família, até mesmo suas barulhentas primas, que não parou para pensar em nada. 

Regressou justamente na noite de apresentação do quarteto Smythe-Smith, formado por quatro de suas primas solteiras, mas casadouras, condenadas a se apresentarem (ainda que sem talento) até que se casassem ou morressem, o que viesse primeiro. Mas algo definitivamente estava errado, pois ele tinha certeza que a jovem sentada ao piano não possuía laços de sangue com ele. E graças a Deus por isso, pois no momento em que olhou para ela soube que estava perdido. 

"[...] Esse beijo... Eu o desejo com um fervor que abala a minha alma. Não tenho ideia de por que o desejo, mas foi o que senti no instante em que a vi ao piano, e isso só aumentou desde então."

Ele sabia que seus mundos eram diferentes. Que não deveria ir atrás dela. Que o correto seria deixá-la em paz. Ainda que ela talvez pertencesse a uma boa família era governanta na casa de sua tia, enquanto ele era um conde, destinado a fazer um bom casamento. Mas que importância tudo aquilo poderia ter diante dos sentimentos que o invadiam quando a olhava, quando escutava o seu riso, quando sentia a sua respiração? A queria mais que tudo. Não importava o destino, o futuro, nem o que se escondia no passado dela... que Anne lutava com tanto afinco para manter oculto. Fosse o que fosse... eles poderiam superar. Ou não?

"Mas ele a conhecia. Não conhecia o passado dela, nem seus segredos, mas a conhecia."

- Eu optei por não revelar nada sobre o passado da Anne, pois me pareceu que seria spoiler, já que a autora demora um certo tempo para soltar todas as informações. Então, era para fazer suspense e não posso estragar isso.rs Mas posso dizer que esta leitura não foi tão leve quanto eu imaginava que seria, já que o que se esconde no passado da nossa querida mocinha é algo capaz de nos provocar revolta e vontade de matar certas personagens. Só que como temos um mocinho tão apaixonante e disposto a tudo pela mulher amada acabamos por perceber que o passado não importava mais, por mais doloroso que tenha sido, e que o destino, de uma forma ou de outra, a tinha empurrado na direção dele. Do meu amado Daniel. 

"Mas ela balançou a cabeça quase violentamente e um estranho choro engasgado escapou de sua garganta. 
E quase partiu o coração de Daniel ao meio."

- Daniel e Anne me conquistaram desde o início, com seu humor tão natural, com os olhares que trocavam, por mais que ela fizesse um enorme esforço para recordar todos os motivos pelos quais não poderia se envolver com ele. A ternura e a cumplicidade que havia entre os dois, os momentos em que brincavam com as crianças das quais a Anne cuidava (e eram primas dele), como se eles próprios voltassem a ser crianças nesses momentos... os beijos tão apaixonantes e que pareciam dizer mais do que as palavras conseguiriam. A forma como ele nunca se sentiu superior ou quis se aproveitar da condição dela. Como a protegia e provocava... Como a amava antes mesmo de descobrir que o que sentia era amor. Tudo foi gradual e ao mesmo tempo intenso. Não amá-los era impossível. Os dois roubaram o meu coração. 

"Era aquilo que significava o amor? Sofrer mais pela dor de outra pessoa do que pela nossa?"

- A participação de personagens secundários também foi importante na história, principalmente do Hugh e das crianças. O Hugh me encantou com sua personalidade um tanto reservada e louca (sim, as duas coisas) e fiquei torcendo para que ele tivesse sua própria história na série, por isso saí correndo para olhar a estante e ver se o personagem aparecia como mocinho no livro três. Dito e certo! :D Ele é o protagonista de A Soma de Todos os Beijos e estou mais do ansiosa para mergulhar em sua história. Ele será o par romântico da Sarah, prima do Daniel, e até sinto um pouco de pena dele.kkkkk... É que acho a Sarah um tanto fria e penso que o Hugh terá muitos problemas com ela.rs Será que ele sobreviverá?!rs

Já entre as crianças eu preciso destacar as participações de Harriet e Frances. A primeira é uma menina que decidiu que seria dramaturga e escreve histórias hilárias.rsrs Foram muitos momentos de riso com as histórias dela.rs Já a pequena Frances conquistou por completo o meu coração com seu amor pela Anne. E ela vai ser essencial neste livro. Sem ela as coisas seriam muito mais complicadas. A autora bem que poderia escrever a sua história. :)

"Ela estava com a respiração ofegante, obviamente assustada, mas ainda assim, quando os olhares dos dois se encontraram...
Eu amo você.
Foi como se ela tivesse dito as palavras em voz alta."

- Este livro é perfeito para os apaixonados por uma bela história de amor. No momento que começamos a lê-lo é impossível parar. Esquecemos de comer, de dormir, de fazer qualquer outra coisa que não seja mergulhar por completo na história. O teto poderia desabar sobre nossas cabeças que nem perceberíamos.rsrs Recomendo MUITO! Não irão se arrepender. 


Quarteto Smythe-Smith

2- Uma Noite como Esta
3- A Soma de todos os Beijos
4- Os Mistérios de Sir Richard



Esta foi minha escolha para a categoria ler um romance de época de um autor best-seller, do Desafio Romance de Época, criado pela blogueira do Livros Encantos

Leitora apaixonada por romances de época, clássicos e thrillers (não necessariamente nesta ordem). Mãe da gatinha Luana. Filha carinhosa. Irmã dedicada. Amiga para todas as horas. Acredita em Deus. E no poder do amor.

20 comentários:

  1. quero muito ler algo da Julia Quinn e adorei saber que esse livro te conquistou tanto que você não sabe se a resenha vai fazer jus a história, entendo bem isso. haha mas considere que tenha dado certo, porque fiquei muito mais curiosa pra ler!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  2. Oiiii,

    Eu adoro os livros da Julia que eu li, mas já vi algumas recomendações negativas sobre outras histórias r acabei não me apegando muito a procurar outros livros dela. Gostei da premissa deste e do fato de que o lorde se preocupa com a governanta. Anotei a dica aqui e espero poder conferir em breve.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  3. Eu te entendo sobre estar lendo leituras pesadas e precisar ler algo mais calmo. Estou fazendo isto agora também. Eu li só o primeiro desta saga e agora tenho os outros para ler e acho que também vou apreciar a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Mais um ano ficou para trás e eu ainda não conheço a escrita da Julia, céus, até quando?! Como pode a palavra spoiler despertar tanta curiosidade kkk?! Já quero saber sobre o passado da Anne. Gostei de ter destacado as crianças da história normalmente ninguém comenta. Enfim, é mais um dos muitos livros da autora que eu quero ler.
    ,
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ahh o Quarteto é maravilhoso!
    Adoro os personagens e Daniel é encantador.
    Espero que continue se apaixonando pela série e se envolva com a escrita da Julia Quinn.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  6. Que delícia de resenha!
    Deu vontade de parar tudo e me jogar nessa série! O único problema é que ainda não li Os Bridgertons e quero ler antes de ler essa série do Quarteto!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Tenho lido inúmeros elogios às obras de Julia Quinn, porém ainda não li algo escrito por ela.
    Romances não são meu forte, porém confesso que tenho nutrido uma curiosidade sobre suas obras.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    É muito bom quando decidimos trocar a leitura e por a caso que escolhemos nos traz uma surpresa boa. Já sai de vários bloqueio literários assim haha.
    Sempre vejo várias resenhas dos livros desta autora e realmente parecem ser histórias encantadoras. Eu adoro histórias de amor e os personagens deste livro parecem ser encantadores e cativantes.
    Ainda não tive a oportunidade de ler nada dela, mas em breve irei mudar isso, principalmente depois de sua resenha.
    Abraços

    FLeituras

    ResponderExcluir
  9. Ola!

    A que resenha mais linda!!
    Sou completamente apaixonada pela Julia e pelos seus romances! Ainda nao tive a oportunidade de ler o quarteto, mas pretendo fazer isso bem em breve!

    beijos

    ResponderExcluir
  10. Ja ouvi falarem muito sobre os livros da autora sao livros que divivem opiniões confesso que as historias nao me atrairam muito para ler os livros mais para quem gosta de enrendo nesse estilo é um prato cheio

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Que bom ver o quanto você gostou desse livro. Eu não esperava muito dele antes de ler, mas não é que ele me conquistou logo nas primeiras páginas? Como você, depois que comecei a ler, não consegui parar. Eu amei essa história e, principalmente, o desenvolvimento dos personagens.E como não amar o Daniel, né? Fiquei encantada com ele e torci muito pelo casal.
    Adorei conferir a sua resenha e espero que você goste do próximo livro também. Confesso que prefiro esse, mas o terceiro também é bem legal.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Eu nunca li nada da autora, todo ano me comprometo a ler algo de época dela e sempre furo na promessa :/
    É bom saber que vc gostou da leitura e os comentários em maioria são positivos
    O que me desanima um pouco é sempre serem
    Séries e em sua maioria longas né ?!
    Mas anotei aqui, vamos ver se este ano sai só da promessa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu lembro de ter ficado louca quando lançaram o Box desse livro e querer ler desesperadamente... aí li o primeiro e nunca mais li os outros kkk lendo sua resenha me fez lembrar que eu preciso voltar a fazer isso, ainda mais sabendo que o romance é incrível como em todos os da JQ!! Quanto às suas duas leituras, realmente, menina! O menino do pijama listrado é pesado demais e vox é um livro intenso apesar de eu ter ficado bem decepcionada com ele! Espero que você consiga ler eles logo sem desidratar por completo!!

    ResponderExcluir
  14. Já li o primeiro livro desta série e estou empolgada pra conhecer essa narrativa aqui. Gostei de saber que os personagens secundários tem expressão na narrativa e acho que vou adorar as crianças.
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Menina, depois dessa resenha eu juro que tomo vergonha na cara e leio os livros da Júlia que tenho aqui, por que sempre vejo ótimas resenhas aos livros dela e nunca leio nada apesar de ter uns 8 livros dela minha estante.
    Sua resenha está impecável, e a premissa do livro super me instigou a ler.
    Eu não li O menino do pijama listrado ainda, mas acabei de ver uma resenha de Vox que olha, que livro! Foi até pra minha lista, e eu nem gosto de distopias, RS.
    Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Luna!
    Sendo sincera, ainda não li nenhum desses livros da Julia Quinn, mas amo demais essas capas! O gênero não é um dos que mais gosto, então provavelmente não faria a leitura, mas devo admitir que, pela sua resenha, eu acho que gostaria muito de conhecer a história do Hugh. Mesmo ele não sendo o protagonista deste livro, acredita que a história dele me pareceu mais emocionante do que a do Daniel? hahaha
    Se eu pudesse, acho que leria A Soma de Todos os Beijos pra conferir isso. Mesmo que isso provavelmente me faria ficar perdida na sequência! hahaha Gostei muito do seu post e de conferir suas impressões sobre o livro. Beijos!

    Jéssica Martins
    castelodoimaginario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá Luna!!!
    Julia Quinn é uma das autoras que mais ouço falar nos últimos tempos e que ainda não me aquietei para lê-la, mas que quero muito.
    Adorei a ideia do livro e já tinha lido outras resenhas acerca dele, então esse já está na estante dos que quero ler.
    De certa forma adorei que você já está ansiosa pelo próximo enredo e queria que a autora trouxesse outros personagens.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem Luna?
    Parabéns pela resenha, ficou super completa e muito bem escrita por sinal. Julia Quinn é sinal de sucesso, tem uma grande legião de fãs aqui no Brasil e no nosso blog (Saga) constantemente tem alguma resenha sobre livros dela escrita pelas meninas. Vox e Menino são bem diferentes, mas são grandes livros.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  19. Olá!

    Estou lendo um livro da Julia Quinn, minha primeira experiencia com a escrita da autora, esse livro por mais que seja um livro bem falado com ótimas criticas, não me chama a atenção por ser uma série grande demais para me aventurar ultimamente, mas pretendo conhecer aos poucos.

    ResponderExcluir
  20. Até hoje só li um livro dessa autora e adorei demais a escrita e a forma como ela desenvolve a história. Achei bem completa a sua resenha, e com certeza aguçou minha curiosidade perante esse enredo.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Instagram

    ResponderExcluir

Seus comentários são sempre bem-vindos! E são muito importantes para o blog!

Todavia, observe que:

1- comentários feitos apenas para divulgação de sorteios ou coisas parecidas não serão publicados;

2- comentários ofensivos serão excluídos.

*Se deseja entrar em contato com a administradora do blog basta mandar um e-mail para contato@emocoesaflordapele.com e eu responderei o mais rápido possível.

Topo